Você sabe o que faz um analista de O&M?

Tempo de leitura: 3 minutos

Talvez uma das dúvidas mais comuns no meio mercadológico, seja sobre o que faz um analista de O&M, ou qual a importância do analista de O&M, contudo, não é de se estranhar que muitas pessoas tenham essa dúvida, pois esse conceito talvez seja um pouco complexo para quem esta começando no mercado, pois sabemos que a cada dia que passa surge novos conceitos e estratégias.

Mas resumidamente, a sigla O&M criada á algumas décadas, significa organização e métodos. No contexto geral esse conceito tem uma relevância enorme, pois facilita uma empresa, pois esse tipo de profissional tem uma capacidade extraordinária em colaborar na construção de uma empresa eficaz perante o mercado.

Afinal, O que faz um analista de O&M?

Esse tipo de profissional como já foi dito tem uma capacidade fantástica em construir uma empresa eficaz, uma das suas diversas funções é em organizar e definir cargos e salários dentro de uma organização.

Outra função desse profissional é desenvolver projetos para a melhoria de um processo dentro da empresa, seja ela por meio de in company, ou o que for. Um dos processos que esse tipo de profissional pode utilizar é a análise de SWOT, pois utilizando essa ferramenta esse profissional consegue enxergar as forças, e oportunidades, além das fraquezas e ameaças daquela determinada empresa.

Outra atribuição que faz um analista de O&M é o controle de custos, ele consegue fazer uma análise eficiente do que pode ser cortado dentro de um orçamento, ele tem foco além do controle, na assertividade dos projetos, com isso ele consegue manter o (ROI) retorno sobre investimento, de uma empresa com eficiência.

Como você já deve ter notado o analista de O&M tem inúmeras funções para uma empresa, essas no qual foram citadas são apenas algumas de uma infinidade, mas de uma coisa você pode ficar certo que esse tipo de profissional sempre terá espaço no mercado, mesmo em meio a contestações.

Conheça as principais características de um analista de O&M

Não é difícil conhecer qual o perfil de um analista de O&M, pois categoricamente as suas características são nítidas. Uma delas é a capacidade de organização, pois esse tipo de profissional tem que possuir essa habilidade, para que possa manter essa competência a favor do seu trabalho.

Um bom analista de organização e métodos tem em seu DNA, o conhecimento em administração, pois esse conhecimento é primordial para exercer com maior precisão sua função.

Outra característica importante é a capacidade de ser detalhista, pois essa competência pode ajudar esse tipo de profissional a enxergar oportunidades e soluções que muitas pessoas que não são dotadas dessa habilidade poderiam deixar passar.

Outra virtude que denúncia o perfil de um analista de O&M é a boa comunicação, logicamente uma boa comunicação é exigida para diversos profissionais, contudo, quando se trata de um profissional de O&M esse atributo é essencial, pois esse tipo de profissional tem que saber se comunicar de forma assertiva e clara, para passar aos colaboradores os métodos que deseja desenvolver e aplicar.

Junto com uma boa comunicação vem o bom relacionamento, saber se relacionar é fundamental e uma característica exigida para esse profissional, pois uma boa comunicação gera empatia, traz incentivo e motivação, além de contribuir para o melhor trabalho em equipe, os proveitos desse tipo de atitude são incontáveis.

Qual a importância do analista de O&M

O que faz um analista de organização e métodos ser importante para uma organização talvez já tenha ficado claro. Mas para você entender mais precisamente qual a importância do analista de O&M vamos imaginar a seguinte situação. Uma empresa chega no, mercado e não contrata esse tipo de profissional, isso poderá acarretar sérios riscos de fracassos, um deles é pelo fato da falta de planejamento eficiente, pela deficiência na segmentação de mercado, corre risco também no investimento, além de muitos outros.

Se pontuarmos a quantidades de efeitos contrários que podem surgir de uma falta de um analista de organização e métodos, podemos passar horas e horas fazendo isso.

Dito isso, a importância do analista de O&M é cada vez mais perceptível, pois ele poderá servir como aliado no desenvolvimento de uma organização no mercado.

Principais benefícios do O&M

Agora que você sabe o que faz um analista de O&M, e já conheceu as principais caraterísticas e importância desse profissional, decidir a seguir pontuar alguns dos principais benefícios causados por esse tipo de atividade. Vamos a eles:

– Diminui o risco de erros nos processos dentro da organização;

– Desenvolve projetos para melhoria e aperfeiçoamento no processo;

– Ajuda na escolha de cargos e salários dos colaboradores;

– Procura solução para evitar desperdício dentro da empresa;

– Analisa e gera relatórios das mudanças que acontece dentro e fora da organização, para que possa melhorar ou se prevenir;

– Analisa categoricamente como anda a produtividade na empresa, para que possa melhorar se for preciso;

Conclusão

Quando se trata da importância do analista de O&M para uma empresa, temos uma quantidade imensa de argumentos para poder justificar essa relevância, contudo, sabemos que toda ação gera resultado, sendo assim é fundamental saber o momento oportuno para utilizar esse recurso para que assim possamos obter os melhores resultados.

Se este artigo foi bom para você, deixe um comentário ou compartilhe nas redes sociais.

Joás Alves

Olá, meu nome é Joás Alves, sou bacharel em produção publicitária e empreendedor digital, uma das minhas mais queridas missões, é compartilhar conhecimento para ajudar no seu crescimento pessoal e profissional.

Artigos Relacionados