Saiba a diferença entre incentivo e motivação

Tempo de leitura: 3 minutos

É comum muitas pessoas confundirem, incentivo com motivação ou vice-versa. Embora essas palavras possam parecer ter o mesmo significado, no entanto, na prática, são bastante diferentes. Por conta disso é importantíssimo que você conheça qual a diferença entre incentivo e motivação, pois isso com certeza será um diferencial no momento que precisar utilizá-las.

Portanto, descobrir essa diferença é necessário tanto na vida pessoal, como profissional, pois com certeza na vida profissional essa diferença sendo compreendida poderá ser um diferencial para os seus negócios ou para a prática de uma liderança de sucesso.

Espero que a seguir você fique por dentro de tudo sobre a diferença entre incentivo e motivação, além de muito mais.

Qual a diferença entre incentivo e motivação?

Incentivo: É tudo que poderá acontecer de fora que nos interfere de alguma maneira. Imagine que você precise correr uma maratona e foi oferecido caso você ganhe o valor de R$ 5000, isso lhe servirá como incentivo para que você possa conseguir alcançar a vitória e ganhar o dinheiro.

Em outras palavras, incentivo é categoricamente vinculado a benefícios externos com o intuito de tornar algo mais atrativo para que isso lhe fortaleça, te estimule ou o encoraje á alcançar um determinado objetivo ou o que for que esteja envolvido.

Motivação: Se trata de uma força interior ao contrário do incentivo que é externo a motivação nasce dentro de nós, e nos impulsiona para alcançar o que pretendemos, sendo uma força mais precisa, pelo fato de tratar de algo mais profundo que vem de dentro para fora.

Fazendo uso de outras palavras á motivação influência diretamente a pessoa para o sucesso, pois ela estimula a determinação, ajuda a manter o foco e a persistência. A falta de motivação nos coloca sem rumo e nos faz chegar a qualquer lugar sendo um vilão que destrói tanto a vida pessoal como profissional.

Agora que você já sabe qual a diferença entre incentivo e motivação, vamos observar a seguir  importância de cada um deles.

A importância do incentivo e da motivação

Se pararmos para observa qual a importância do incentivo e da motivação, podemos nitidamente perceber que o incentivo ele pode ser considerado poderosíssimo, porém, á curto-prazo. Já no que diz respeito á motivação ela pode ser considerada importantíssima a longo-prazo.

Para ficar mais prático a explicação vamos imaginar que você seja um líder de uma loja de calçados, você chega para o seu grupo de funcionário e oferece o incentivo de R$ 1000 a mais do que o salário, caso eles consigam atingir uma determinada meta de vendas.

Dito isso, os funcionários ficam engajados com o incentivo dá o melhor de si, e conseguem atingir a meta e recebem o valor de R$ 1000. No próximo mês os funcionários ficam na expectativa de que você como líder ofereça os R$ 1000 ou o que for a mais, para que eles consigam novamente atingir a meta. Porém, nada acontece você não oferece nenhum incentivo e isso deixa seus funcionários decepcionados.

Observando esse exemplo, podemos perceber que o incentivo é importante, porém tem que ser analisado antes de ser utilizado, pois quando o incentivo acontece pode ser importante a curto-prazo, porém a longo-prazo pode ser, popularmente falando, “um tiro no pé”, pois acaba criando nas pessoas uma falsa motivação, criando assim um clima de insatisfação.

Já se você utilizar a motivação ela com certeza poderá criar, raízes mais fortes e duradouras, imagine o mesmo exemplo que foi utilizado do líder da loja de calçados, vamos imaginar que no lugar do incentivo, ele decida utilizar a motivação, vamos supor que o funcionário chega na, loja e é recebido cordialmente, quando a meta é atingida aquele funcionário recebe elogios sinceros do seu líder, todos começa a percebê-lo.

Quando ele chega na, loja todos reconhecem como bom profissional, como um profissional competente, chega o aniversário dele, e ele é recebido com uma festa surpresa. Se você notar essas coisas cotidianas acabam gerando uma motivação incrível para o funcionário.

Isso cria nele uma motivação para acorda cedo e ir trabalhar, isso lhe motiva a querer atingir cada vez mais as suas metas, isso cria um sentimento de importância e reconhecimento, e pode ter certeza, que como uma planta que é regada dia após dia, cresce e cria frutos, não é diferente na vida profissional ou pessoal, tudo que é gradativamente fortalecido, cresce e cria raízes resistentes a qualquer vendaval.

Então, se você quer utilizar o incentivo ou a motivação, tenha sempre em mente que ambas são importantes, mas para que eles possam dar bons resultados, é fundamental analisar bem, antes de aplicá-las, pois isso com certeza farão diferença em curto-prazo ou a longo-prazo tanto na vida pessoal como profissional.

Se este artigo foi bom para você, deixe um comentário ou compartilhe nas redes sociais.

Joás Alves

Olá, meu nome é Joás Alves, sou bacharel em produção publicitária e empreendedor digital, uma das minhas mais queridas missões, é compartilhar conhecimento para ajudar no seu crescimento pessoal e profissional.

Artigos Relacionados