Resumo do Livro Contágio de Jonah Berger

Tempo de leitura: 6 minutos

Essa é uma daqueles livros que você começa ler e fica ansioso para terminar. Não terminar por terminar. Como infelizmente muitas pessoas fazem. A vontade de concluir essa obra foi para aprender tudo aquilo que o autor coloca nela. Assim que terminei a leitura, peguei meu computador e comecei a escrever esse resumo do livro contágio – Por que as coisas pegam de Jonah Berger. Para trazer para você leitor as ideias que achei mais interessantes.

Esse é um livro essencial para estudantes e profissionais de marketing, publicidade, empreendedores e para todos aqueles que desejam entender de forma categórica o motivo das coisas pegarem. O que leva muitas pessoas compartilharem coisas de forma avassaladora e porque algumas coisas se tornam virais e outras não.

Ao terminar a leitura desse resumo do livro contágio de Jonah Berger espero que você entenda os princípios que levam ao contágio. Sem mais delongas, vamos ao que interessa:

Resumo do Livro Contágio

O livro se resumo em 6 fatores básicos que fazem com que as coisas peguem. Esses 6 fatores são: Moeda Social, Gatilho, Emoções, Público, Valor prático e Histórias.

Segundo o autor esses seis fatores fazem com que empresas vendam mais, que artigos sejam lidos cada vez mais, que vídeos virem virais, entre outras coisas.

Fator 1 – Moeda Social

A moeda social possui uma influência gigantesca na vida das pessoas. Segundo o autor as pessoas gostam de passar boa impressão. Por conta disso gostam de compartilhar ideias, curtem contar piadas, gostam de influenciar.

Através de um estudo realizado em Harvard  foi observado que o “EU” atinge os mesmos campos cerebrais da comida e dinheiro.

Em outro estudo foi constatado que as pessoas podem até abrir mão de dinheiro para poder compartilhar algo. Ou seja, a moeda social é o fator primordial para que as coisas peguem.

Muitas empresas entendendo a importância da moeda social fazem uso desse tipo de estratégia para conseguir se destacar no mercado.

Fator 2 – Gatilho

Outro fator que faz com que as coisas peguem é o gatilho. Lembrar de algum produto enquanto você faz alguma coisa ou compra alguma mercadoria é essencial. Em outras palavras quando existe uma associação entre um produto e outro, existe um aumenta categórico na chance daquele determinado produto associado se torne lembrado.

Para exemplificar isso podemos citar a Kit Kate nos E.U.A. Entendendo a importância do gatilho a empresa fez uma linkagem com a hora de tomar café. Ou seja, a empresa fez uma associação em que as pessoas começaram a observar que tomar uma xícara de café com Kit Kate tem tudo a ver. A partir dessa associação, as pessoas começaram a lembrar do Kit Kate todas as vezes que iriam tomar café independentemente do horário. Isso alavancou a venda do Kit Kate grandemente.

Em última análise, podemos observar o quanto o gatilho é fundamental quando se trata de tornar algo falado.

Fator 3 – Emoção

A emoção tem um poder enorme e decisivo na hora de gerar contágio. Coisas emocionais produzem um aumento grande em compartilhamento. No entanto, vale ressaltar que para que as coisas possam ser compartilhadas terão que atingir a emoção correta.

Segundo o autor a emoção que gera mais compartilhamento é o assombro. O autor define assombro da seguinte forma: “O assombro é uma emoção complexa e com frequência envolve um senso de surpresa: inesperado ou o mistério”.

Um dos exemplos citados é sobre a Susan Boyle que brilhou como um farol no palco no Brintain’s Got Talent. Porém, antes desse sucesso todo, ela foi tratada como chacota, muitos riam, no entanto quando ela começou a cantar todos ficarão admirados. Ou seja, essa sensação de assombro fez com que esse vídeo fosse visto por milhares de pessoas. Se tornando um dos vídeos mais vistos de todos os tempos.

Sobre esse episódio o autor diz: “É difícil assistir a esse vídeo e não ficar assombrado pela força e sentimento dela. Não é apenas comovente, causa assombro. E essa emoção incita as pessoas a passá-lo adiante”.

Fator 4 – Público

As pessoas frequentemente imitam as que estão ao seu redor. Não é por acaso que alguns grupos se vestem parecidos, usam a mesma marca de aparelho celular etc. Esse fenômeno é extremamente importante quando se trata de contágio.

Jonah Berg cometa que: “As pessoas ficam mais propensas a votar, se seus cônjuges votam, a parar de fumar, se seus amigos param, e a engordar, se seus amigos ficam obesos”. E finaliza dizendo: ”Seja fazendo escolhas triviais como a marca de café a comprar ou decisões importantes como pagar impostos, as pessoas tendem a agir de acordo com o que os outros estão fazendo”.

Em uma análise final sobre esse fator, podemos observar claramente que o boca a boca, o que as pessoas falam e fazem, influenciam diretamente nas atitudes que tomamos. Muitas vezes escolhemos livros para ler, pelo fato de muitas pessoas estão dizendo que aquela obra é interessante. Vamos a restaurantes que é muito visitado. Ou seja, esse fator público sem dúvida é um dos principais fatores atual do contágio. A importância desse fator não é apenas percebida nesse resumo do livro contágio, mas também ao ler a obra completa.

Fator 5 – Valor Prático

As pessoas intrinsecamente gostam de ajudar outras pessoas. Gostam de contribuir para que os outros tenham uma saúde melhor, para que sejam mais produtivas entre outras coisas. Por isso que vemos e até recebemos muitos artigos e vídeos nas nossas redes sociais de pessoas que de certa forma tentam ajudar a gente a resolver algo ou prevenir alguma coisa.

O autor cita uma história interessante que exemplifica isso de forma contundente. Ele conta a história de um senhorzinho de 86 anos e o seu vídeo que se tornou viral. E esse vídeo é sobre descascar milho. É isso mesmo. Esse senhor chamado Ken Craig nasceu em fazenda e o sustento da família girava em torno do plantio de algodão. Além disso, ele mantinha uma horta de coisas para o consumo da família e entre essas coisas estava o milho.

Ken tinha como a forma predileta comer milho direto da espiga. No entanto, existem dois problemas para quem come milho desse jeito que são os grãos presos nos dentes e aqueles fiapos mais conhecidos como “cabelo de milho”. Sabemos que com puxões fortes podem-se arrancar as cascas, porém os cabelos ficam grudados para o resto da vida. Você pode tentar de várias formas, mas sempre ficam aqueles benditos fiapos.

Certo dia Ken disse que tinha um truque para tirar todos os cabelos do milho. Ele pegou espigas de milho com casca e colocou no micro-ondas. Quatro minutos para cada espiga e depois cortou cerca de 1,5 centímetro da base. E então agarrou a casca no topo da espiga e deu duas sacudidas rápidas, e a espiga saiu limpinha. Nada de cabelos.

A sua nora ficou impressionada e colocou esse vídeo na internet. Final da história esse vídeo simples começou a ganhar visualizações atrás de visualizações alcançando rapidamente milhares. Isso só demostra uma coisa, algo que facilita nossa vida, pode ser simples como for, tem grande impacto e faz com que se torne compartilhado.

Observando esse resumo do livro contágio, você já pode perceber que os fatores que levam para que algo se torne viral não é coisa de outro mundo como já tinha comentado. São fatores básicos, porém que fazem toda diferença.

 Fator 6 – Histórias

As pessoas não compartilham apenas informações, elas compartilham histórias. Muitas empresas utilizam desse fator para se tornar viral.

Permita-me confessar uma coisa, quando eu li essa capítulo veio logo em mente a grande empresa coca cola. Todo natal a coca cola usa além do gatilho a história como algo que torna ela próxima das pessoas, “estando em todos os momentos”, “compartilhando histórias” entre outras coisas.

Isso é uma leve reflexão de como a história pode se tornar algo viral.

O autor comenta que: “As histórias proporcionam uma forma rápido e fácil de se obter muito conhecimento de maneira vívida e atraente. Uma boa história sobre mecânico que resolveu o problema sem cobrar caro vale por dúzias de observações e anos de tentativa e erro. As vezes as histórias poupam tempo e aborrecimento e dão a informação de que se precisa de um jeito fácil de se lembrar”.

Em outras palavras, uma boa história sem dúvida facilita a vida de muita gente. Ou seja, além de gerar valor prático nos faz obter melhores escolhas, obtendo foco. E isso consequentemente tem todos os ingredientes para se tornar viral.

Finalizando…

Esse resumo do livro contágio é apenas uma análise curta de um livro repleto de ideias interessantes sobre esse tema importante. Dito isso, não fique apenas nesse resumo do livro contágio e leia a obra completa.

Se quiser adquirir essa obra pela amazon através do meu link será uma forma de incentivo ao meu trabalho para que eu possa continuar trazendo mais e mais resumos de livros. Forte abraço e sucesso.

Joás Alves

Olá, meu nome é Joás Alves, sou bacharel em produção publicitária e empreendedor digital, uma das minhas mais queridas missões, é compartilhar conhecimento para ajudar no seu crescimento pessoal e profissional.