Resumo do livro A Mente Organizada

Tempo de leitura: 3 minutos

No mundo moderno ficou cada vez mais difícil administrar a quantidade de informações que somos expostos diariamente. A todo instantes recebemos mensagem no celular, ligações, convites, etc. E isso nos tornar muitas vezes refém desse turbilhão de coisas e perdemos nosso foco. Essa obra veio como um aliado para nos ajudar a vencer essa sobrecarga de informação. Nos possibilitando estratégias simples, porém relevantes. Decidir trazer esse  resumo do livro a mente organizada para trazer esses ideias de forma suncita.

Portanto, se você deseja entender mais sobre neurociência ou deseja organizar a mente para conseguir alcançar cada vez mais coisas relevantes na vida pessoal e profissional. Leia esse resumo até o final, para ficar familiarizado com essas ideias.

Sem mais demora, vamos ao resumo:

Resumo do livro A Mente Organizada de Daniel Levitin

O livro não é de fácil leitura pelo fato de existir muita teoria e estudos meticulosos. Particularmente acho isso importante e fortalece a obra. No entanto, se você não gosta de muita teoria, ou se gosta de livros mais práticos, talvez tenha dificuldade para ler o livro a mente organizada.

Logo no inicio o autor fala sobre o problema causado pela informação em excesso. Antigamente, não tínhamos tantas opções e isso de certa forma era interessante para nosso cérebro, pois não gastávamos muita energia.

Hoje em dia é diferente, se vamos, por exemplo ao supermercado, somos expostos a vários tipos de produtos e marcas diferentes. Ficamos na dúvida se vamos levar um leite da marca x ou da marca Y.

Quantas vezes vamos procurar um filme para assistir e depois de um bom tempo, não encontramos algo que nos agrada e perdemos a vontade. Isso nada mais é do que o problema do excesso. Em outras palavras, quanto mais opções temos, mais tempo perdemos escolhendo e mais energia usamos.

Uma ideia interessante que aprendi ao ler esse livro, é que quanto mais afunilamos nossas opções, mais ganhamos tempo e energia para conseguir realizar mais coisas.

Por exemplo, se no lugar de escolher entre o filme A, B, C, D, E, podemos limitar por apenas duas opções fazendo isso não dissipamos tanto nossa energia.

O autor cita a vantagens que grandes personalidades, pessoas extremamente importantes, possuem em comparação com pessoas comuns. Essas pessoas “importantes” são chamadas PABS pelo autor. Diferentemente de nós comuns, elas são isoladas de informações e de tarefas que não necessariamente precisarão delas para ser resolvida. Enquanto nós temos que pagar aquele bendito boleto, enquanto pensamos em qual roupa usar naquela determinada ocasião. Essas pessoas PABS, não precisam pensar nisso. Elas possuem executivos responsáveis pela parte financeira, existem pessoas prontas para escolher a melhor roupa para aquela ocasião, para responder e-mail, etc.

Ou seja, isso faz com que essas pessoas PABS, tenham uma tranquilidade enorme, elas são guiadas e sabem que quando estiver participando de uma reunião é pelo fato daquela reunião ser a mais importante, isto é, ela não ficará preocupada pelo fato de não ter comparecido a outro evento, etc.

Para ajudar a organizar a nossa mente o autor Daniel Levitin fala sobre a importância da exteriorização da memória.

Ou seja, para que possamos gastar menos energia fazendo o uso da exteriorização da memória. Fazendo isso estaremos ajudando nosso cérebro.

Para fazer isso é muito simples, podemos no lugar de decorar vários números de telefones, por exemplo, podemos colocá-lo em uma agenda. Ou seja, como uma extensão da nossa memória e fazer uso quando necessário.

Muitas vezes precisamos de uma ferramenta para aperta o parafuso da mesa de jantar, por exemplo. No lugar de colocar a ferramenta que resolve o probleminha junto com as outras e quando precisar ficar perdendo tempo e energia procurando. Você poderá colocá-la, próximo ao parafuso, pois quando precisar aperta-lo, a chave já estará lá esperando para ser usada.

Ou seja, usando de dicas simples, podemos ajudar e organizar nossa mente. Nesse resumo do livro a mente organizada citei até agora apenas algumas ideias que achei mais relevante e que comecei a colocar em prática. No entanto vale ressaltar que o autor traz vários exemplos e estudos que nos deixa bem alerta sobre o funcionamento do nosso cérebro. E como podemos organizar as informações para que possamos ter uma mente organizada.

Esse livro é com certeza uma guia para que possamos produzir mais, e de forma organizada.

Em última análise sobre o livro. Um ponto que achei muito interessante e que não poderia deixar de fora desse resumo do livro a mente organizada de Daniel Levitin. É sobre a importância de nos livramos da multitarefa. Pois, foi descoberto que a multitarefa aumenta o hormônio do estresse, o cortisol, além do hormônio da luta/fuga. A adrenalina, que podem superestimular o cérebro e causar entorpecimento mental ou pensamento confuso.  Por isso que evitar a multitarefa poderá ser essencial para a busca de uma mente organizada.

Finalizando…

Não fique apenas nesse resumo do livro a mente organizada. Adquira a obra completa e fique por dentro de todos os ensinamentos desse livro. Se quiser adquirir o livro através da amazon é só acessar a imagem com o link. Forte abraço e sucesso.

Joás Alves

Olá, meu nome é Joás Alves, sou bacharel em produção publicitária e empreendedor digital, uma das minhas mais queridas missões, é compartilhar conhecimento para ajudar no seu crescimento pessoal e profissional.