Resumo do livro A idade decisiva de Meg Jay

Tempo de leitura: 4 minutos

Através deste resumo do livro a idade decisiva de Meg Jay. Irei pontuar de forma clara as principais ideias da obra.

Este livro já estava na minha lista de leitura, mas confesso que ele não era prioridade. Porém, no último mês fiz 28 anos e como estou chegando aos 30, decidir ver o que a autora tinha a dizer sobre essa chamada: Idade decisiva.

E posso afirmar veementemente que as ideias que aprendi nesse livro foram simplesmente fantásticas. A forma como a autora desnuda as ideias faz com que possamos abrir nossa mente para a reflexão.

A leitura desse livro tem o poder de despertar, de fazer com que nós possamos avaliar o que estamos fazendo, ou deixando de fazer. E o melhor de tudo, as dicas passadas por ela, embora sejam simples, tem o poder de mudar nossa vida, a partir do momento que colocarmos estes ensinamentos em prática.

Portanto, fique bem alerta a este resumo do livro a idade decisiva, pois tenho certeza que este resumo poderá ser de boa valia para você.

Resumo do livro A idade decisiva de Meg Jay

O livro a idade decisiva – Descubra por que a fase dos 20 aos 30 anos vai definir seu futuro e como tirar melhor proveito dela de Meg Jay. É dividido em três partes. São elas: TRABALHO, AMOR, CÉREBRO E CORPO.

Cada parte é composta por diversos capítulos. Nesses capítulos a autora conta muitas histórias das pessoas na qual procuraram sua ajuda.

Através dessas histórias, podemos entender meticulosamente a importância em valorizar o período dos 20 anos.

Algo que achei interessante no livro e que não poderia deixar de ressaltar aqui neste resumo do livro a idade decisiva. É o fato de que a Meg Jay não apenas conta as suas experiência para comprovar suas ideias. Mas, ela simplesmente deixa o conteúdo mais rico, ao mostrar algumas pesquisas e estudos relacionados aos tópicos abordados.

Isso sem dúvida nenhuma, proporciona mais credibilidade e precisão no que ela passa.

Na primeira parte, no capítulo chamado: Capital de identidade. Meg Jay fala sobre a relevância de adquirir repertório, de testar de correr atrás do que se deseja. Isso nos torna mais capaz.

Segunda a autora podemos definir capital da identidade da seguinte maneira: “Capital de identidade é nossa coleção de bens pessoais. É o repertório de recursos individuais que reunimos com o tempo. São os investimentos em nós mesmos, as coisas que fazemos muito bem, ou por muito tempo, que se tornam parte de quem somos.”

E ela continua o texto dizendo: “Uma parcela do que o constitui vai para o currículo, como diplomas, empregos, notas em provas. Outra parte é mais pessoal, por exemplo, como falamos, de onde somos, como resolvemos problemas, qual a nossa aparência. O capital de identidade de identidade é como construímos a nós mesmo.”

Sem dúvida isso faz todo sentido na nossa vida. Tudo que consumimos, tudo que fazemos é essencial para a construção da nossa identidade. Por conta disso, é fundamental aproveitar o período dos 20 anos para preencher nosso capital de identidade de coisas interessantes e enriquecedoras. Pois, isso vai refletir nas décadas seguintes.

Ainda na parte relacionada a trabalho, a autora fala sobre a força dos vínculos fracos. Segunda ela é de fundamental importância valorizar aquelas pessoas que não temos muito contato, pois são elas que poderão nos ajudar e nos fazer melhorar em muitos aspectos.

No decorrer dos outros capítulos na primeira parte do livro, somos bombardeados de ensinamentos simples, contudo de bastante valor.

Já na segunda parte do livro que fala sobre Amor. A autora comenta sobre a importância de escolher bem nosso par. Isto é, escolher bem que iremos dividir nossos sonhos, conquistas, dor e muito mais.

Nessa parte do livro podemos entender de forma categórica que não podemos ouvir aquelas pessoas que dizem: Você ainda é novo para pensar em construir uma família, ou coisas como: Deixa para pensar em constituir uma família depois dos 30, aproveite a vida.

Pensamentos como esses, acabam paralisando e frustrando muitas pessoas no futuro próximo. É gigantesco a quantidade de pessoas que passam dos 30 totalmente perdidas nesse sentido. Ficam lamentando por não terem buscado um relacionamento sério. Por não ter dado a devida atenção ao que é um fator crucial na nossa vida. Que é exatamente a escolha da pessoa para formar uma família.

Por isso, é bastante recomendável segunda a própria autora, procurar valorizar esse período dos 20 aos 30 para encontrar alguém especial. Pois, fazendo isso “cedo” você poderá ter uma vida mais feliz. É obvio que isso não é regra, no entanto vale sim refletir a respeito.

Na ultima parte do livro que tem o título: Cérebro e corpo. Podemos compreender que na faixa etária dos 20 aos 30 temos a maior capacidade de absorve as coisas. No entanto, somos também mais ansiosos.

Portanto, saber controlar a mente é essencial. A autora diz que estudos de ressonância magnéticas mostram que o cérebro dos jovens na casa dos 20 anos reage mais fortemente as informações negativas do que o cérebro de adultos mais velhos. Já que naquele existe mais atividade na amígdala – a sede do cérebro emocional.

Por isso e muito mais que nesse período, temos que aproveitar a maior capacidade de aprender e de agir, tendo sempre atenção e bastante foco para não sermos contaminados pela ansiedade, pelas preocupações e outros sentimentos destrutivos.

Finalizando…

O livro é repleto de ensinamentos e conselhos valiosos. Por isso não se limite apenas a este resumo do livro a idade decisiva, mas leia a obra completa. Mesmo você já tendo mais de 30 nunca é tarde para aprender e agir.

Tenho plena certeza que ao ler a obra completa você conseguirá absorver algum conhecimento valioso para sua vida.

Se gostou desse resumo do livro a idade decisiva. Deixe um comentário e compartilhe.

Caso queira adquirir o livro através da amazon é só acessar o link contendo imagem logo abaixo. Um forte abraço e muito sucesso.

Joás Alves

Olá, meu nome é Joás Alves, sou bacharel em produção publicitária e empreendedor digital, uma das minhas mais queridas missões, é compartilhar conhecimento para ajudar no seu crescimento pessoal e profissional.

Artigos Relacionados