O que é Big Data e como funciona na prática?

Tempo de leitura: 2 minutos

Muitas pessoas comentam sobre a importância do big data, pelo fato de entenderem a sua eficiência. Através dessa compreensão estão começando a identificar as melhores formas de como utilizar o big data, para que assim obtenham excelentes resultados no dia a dia.

Mas existe quem ainda não sabe o que é big data, e geralmente se questionam não apenas sobre o que é big data, mas também para que serve o big data, ou como o big data funciona na prática.

Por isso preparei esse artigo, principalmente para você leitor que ainda não sabe o que é big data, mas que a partir dessa leitura Possa entender de uma vez por todas como essa tecnologia, funciona e como ela pode servir de facilitador para os seus negócios.

O que é Big data?

Big data é um termo que descreve os grandes volumes de dados que são capturados, podendo ser estruturados ou não, em outras palavras, podemos dizer que, o big data serve para medir o maior número de informações e dados possíveis.

A partir do momento que é feito a coleta dessas informações, elas servem de insights poderosos, para melhoria de processos e decisões para uma empresa, ou quaisquer que for o negócio envolvido.

Como o Big data Funciona na Prática?

É incrivelmente notório os avanços da tecnologia, isso é um facilitador tanto para consumidores como empresas, hoje quando navegamos no Google, Yahoo, na Amazon e em diversas plataformas, deixamos rastros que servem de dados importantíssimo para as empresas.

Esses dados servem de soluções práticas, podendo servir para melhoria de processo, de funcionalidade, etc. Para exemplificar como o big data funciona, na prática, irei citar o básico exemplo da Netflix.

Os amantes de filmes, series e documentários, são além de clientes uma fonte poderosa de dados e informações relevantes para Netflix.

Quando você, por exemplo, assiste aquele, filme que tanto esperava, e no final você deixa seu comentário, faz a sua avaliação positiva ou negativa, ou quando você insere conteúdos na “minha lista”, ou quando você deixa algum relato de problemas que você encontrou, você está consequentemente ajudando à Netflix, a coletar as informações precisas para que  com isso ela possa melhorar seus conteúdos, etc.

Ou seja, com a tecnologia e com a ajuda do big data, ficou muito mas fácil para as empresas observarem o comportamento do consumidor, a fim de coletar o maior, e mais relevantes dados, para que com isso possa, se beneficiar e consequentemente beneficiar o usuário final.

Conclusão

As possibilidades da utilização do big data pode ser considerável incontável, mas uma coisa é categórica, com o surgimento dessa tecnologia as informações estão cada vez mais veloz e benéfica tanto para o consumidor quanto para as organizações.

Se este artigo foi bom para você, deixe um comentário ou compartilhe nas redes sociais.

Joás Alves

Olá, meu nome é Joás Alves, sou bacharel em produção publicitária e empreendedor digital, uma das minhas mais queridas missões, é compartilhar conhecimento para ajudar no seu crescimento pessoal e profissional.

Artigos Relacionados