Marketing Emocional e o Seu Impacto

Tempo de leitura: 3 minutos

O fantástico do marketing é que ele proporciona inúmeras formas de você atingir seu público alvo, por isso a cada dia que pesquiso e estudo sobre marketing, fico empolgado para partilhar desse conhecimento com você. Pois não é novidade que o marketing não se limita, por exemplo, no marketing tradicional, no marketing social, no neuromarketing, no marketing pessoal, no endomarketing, mas sim em um conjunto de estratégias e tipos que se encaixa em cada planejamento. Contudo, preparei esse artigo para falar de uma poderosa estratégia que é o marketing emocional e o seu impacto.

Esse tipo de marketing vem crescendo e se tornando a cada dia que passa mais importante para as empresas, antigamente as empresas “brigavam” para mostrar para os clientes a quantidade de benefícios do produto ou serviço, o seu diferencial e tudo mais, porém, esse marketing de benefícios foi ficando cada vez mais, comum, ou seja, os clientes começaram a ficar indeciso qual produto ou serviço teriam que escolher, pois, os benefícios eram todos os mesmo.

Nesse ponto, você já pode começar a entender que seria necessário convencer e despertar a atenção do cliente de uma forma diferenciada, e mais assertiva, é aí que entra a importância do marketing emocional, pois, o mercado começou a exigir o marketing emocional, como estratégia de diferenciação, ou seja, quem souber como utilizar o marketing emocional com maior precisão, “ganha” o cliente.

Mas afinal, o que é marketing Emocional?

O marketing emocional é toda estratégia que visa mais o coração do que precisamente a mente, diferente de outros tipos de marketing que visa o lado cognitivo, por exemplo, o remarketing tem como objetivo te lembrar de um produto, serviço, ou o que for que você se interessou, ou seja, foca na mente na sua lembrança e não precisamente nas suas emoções.

Em outras palavras, o marketing emocional tenta despertar em você a maior emoção possível, atingir seu coração, por isso que as empresas em consequência disso estão contratando antropólogos e psicólogos para que consigam transmitir mensagens que afetem mais precisamente as emoções dos clientes.

Qual o impacto do marketing emocional?

Se você for como eu que gosta de observar merchandising, ou propagandas, possivelmente já tenha notado que a Coca Cola, por exemplo, foca compulsivamente sua estratégia no emocional, geralmente na sua propaganda ela relaciona o beber Coca Cola, com compartilhar momentos felizes como a família, com os amigos, sempre focando no emocional, na sensação de felicidade, conquistas, etc.

Isso nos faz categoricamente perceber os benefícios do marketing emocional, e o quanto essa estratégia é estrondosamente eficiente.

Confira nesse exemplo a baixo, como o marketing emocional é importante e proporciona sorrisos e emoções verdadeiras.

Confira outro exemplo, dessa vez uma estratégia de marketing emocional da Bis:

E que tal esse da O Boticário:

Como foi mostrado nos exemplos, o marketing emocional, traz benefícios incontáveis, porém, é importante saber aplica-lo corretamente.

Como utilizar o marketing emocional?

Para utilizar corretamente o marketing emocional é preciso conhecer efetivamente o perfil do seu cliente e entender o que mais pode lhe proporciona emoção, Talvez você possa criar uma estratégia que faça com que seu cliente relacione seu produto com uma boa recordação, como os exemplos já vistos, como diria o mestre do marketing Philip Kotler: A pesquisa é o ponto inicial para o marketing. Sem ela, uma empresa entra em um mercado às cegas.

Portanto, pesquise e conheça cada vez mais seu cliente, e obviamente se você por acaso não tenha todo conhecimento preciso, contrate profissionais com conhecimento apurado no assunto, para despertar com precisão a emoção do seu cliente.

Outra frase do Philip Kotler diz:  Já não basta simplesmente satisfazer clientes. É preciso encantá-los. Então encante seu cliente e toque seu coração, que consequentemente sua empresa, produto, serviço será lembrada por ele.

O mercado exige o marketing emocional

Sem sombras de dúvidas, com os avanços da tecnologia e o crescimento  do mercado, potencializar o marketing emocional, pode te elevar de nível, pois, os clientes estão cheios de empresas que a todo momento diz que tem o melhor produto, serviço, que faz e acontece, saber se diferenciar nesse momento é crucial, para seu crescimento.

Conclusão

Entender e aplicar o marketing emocional pode ser um marco, para o seu negócio, além, de te permitir um crescimento categórico e afetivo com o seu cliente.

Se este artigo foi bom para você, deixe um comentário, ou compartilhe nas redes sociais.

Joás Alves

Olá, meu nome é Joás Alves, sou bacharel em produção publicitária e empreendedor digital, uma das minhas mais queridas missões, é compartilhar conhecimento para ajudar no seu crescimento pessoal e profissional.

Artigos Relacionados